sábado, 27 de março de 2010

O Homicida e Deus


Acabo de escrever uma poesia no outro blog,de nome ''Um dia depois da vingança''.Não sei,acho que é o charge do post abaixo,que me fez pensar.Não dá pra defender pessoas como Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá(nem o advogado deles conseguiu fazê-lo..)cada vez que pensamos na tragédia que se deu e a reconstituímos em nossa mente,nos assustamos,difícil explicar.
Ao olhar para o charge abaixo porém,realmente enxergo que o diabo era a ''terceira pessoa'',realmente enxergo na imagem de um Alexandre atrás das grades,um homem escravo,enredado pelo inimigo,tanto o quanto Ana Carolina Jatobá.
Vejo na imagem um pouco de Adão,um pouco de Eva(sendo expulsos do paraíso);vejo um pouco de Caim,cujo sangue do irmão Abel derramado na terra clamou pela justiça de Deus.
Analiso este diálogo entre Caim e Deus:
GENESIS4:13 ¶ Então disse Caim ao SENHOR: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada.
14 Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará.
15 O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse.
E analisando eu vejo que quem disse ''ser maior a iniquidade do que uma que pudesse ser perdoada'',foi o próprio Caim,e não Deus.
Ele entendia que teria que viver longe da Presença de Deus,errante,fugitivo e vagabundo na terra;uma marca eterna,uma mancha irretirável,uma má fama perpétua.
Fico pensando comigo mesma,como é conviver consigo depois disso,como é ter que suportar o fato de ser um assassino,e de ser tão odiado por isso.Como é acordar e se lembrar dos fatos,e da reação das outras pessoas.Penso em como será a subvida atrás das grades,''vagabundo e errante''.
Sei que cada caso é um caso,há criminosos tão cegos que matam por puro prazer,mas também penso-perdoem-me o idealismo,o romantismo-que há aqueles que preferiam morrer a ter que conviver consigo mesmo e com as consequencias de sua face monstruosa.Não sei se era isso o que Caim desejava quando ao olhar para o futuro temia:morrer.Mas noto que a parte de Deus neste diálogo foi declarar que qualquer que matasse a Caim fosse 7 vezes castigado.
S e Deus tem misericórdia dos homicidas?Pergunte a Ele.Ou deduza por si só lembrando que Ele perdoou os assassinos do Seu próprio Filho.
Se é possível um homicida hoje apresentar-se diante de Deus,pedir perdão e ser perdoado?Outras vez,romantica e idealista,eu penso que sim,penso que o mais difícil é perdoar a si mesmo,como Caim,que não se perdoou,nem mesmo ousou pedir perdão porque via ser gravíssimo seu pecado.Deus podia matá-lo,mas o deixou viver.
Em outro ponto da Bíblia,nas leis dadas por Deus a Moísés como normas cívicas para Canaã,após possesssão;noto Sua preocupação em preparar um lugar para homicidas que mataram por acidente,e não por prazer.
Números 35:11 Fazei com que vos estejam à mão cidades que vos sirvam de cidades de refúgio, para que ali se acolha o homicida que ferir a alguma alma por engano.
Números 35:12 E estas cidades vos serão por refúgio do vingador do sangue; para que o homicida não morra, até que seja apresentado à congregação para julgamento.
Números 35:13 E das cidades que derdes haverá seis cidades de refúgio para vós.

Se analisarmos,estas ''cidades de refúgio'',seriam nossas penitenciarias nos dias de hoje,embora estas acolham os arrependidos e os não-arrependidos.
Realmente não me sinto boa o bastante para julgar se a morte de Isabela foi prazerosa para seus autores,ou se foi um ''acidente'' ,uma falta de domínio,um momento de cegueira e possessão demoníaca...concordo com a prisão e com o resultado final do julgamento,mas não posso deixar de ver a outra face da moeda,pois boa ou ruim ela existe.
No mais,gostaria que esta história nunca tivesse existido,muito triste e pesada,mesmo com a justiça sendo feita.

3 comentários:

Aurelio MC Gomes disse...

Justiça foi feita.........

Casal Nardoni é considerado culpado pela morte da garota Isabella

Após cinco dias de julgamento e expectativa da opinião pública, o casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá foi condenado no início da madrugada do sábado (27) pela acusação da morte de Isabella Nardoni, ocorrida em 29 de março de 2008. À época, a garota tinha cinco anos. Nardoni foi sentenciado a 31 anos, um mês e 10 dias. Jatobá, a 26 anos e 8 meses de prisão.

link: http://aureliomcgomes.blogspot.com/2010/03/casal-nardoni-e-considerado-culpado.html

"ou clique aqui -> Post - Casal Nardoni é considerado culpado pela morte da garota Isabella"

Amo ler seus comentários e tenho prazer em responde-los

"clique aqui http://aureliomcgomes.blogspot.com/"

Fique na paz do Senhor
Será um prazer ler seus comentários,
Faça um Blogueiro mais feliz, COMENTE!

Atenciosamente,
"Aurelio MC Gomes - Blog Eu Sou o Mensageiro!"

julianagoes disse...

Confesso que este caso me deixa um tanto quanto pasma e triste, só consigo lembrar de como o ser humano é manipulado pelo inimigo e de o quanto a nossa natureza é ruim (seja o casal realmente culpado ou não)....

Anônimo disse...

Bom dia.
Sou Evangélico, atualmente congrego no Ministério Ágape de São Leopoldo - RS.
Queria alertá-los de um "Pastor" da Cidade de Caxias do sul, que fugiu da cidade, abandonou a esposa, filho, igreja, deixando inclusive 130 mil de dívidas, indo, segundo informações, em direção a São Paulo.
Junto com suas bagagens levou de carona a esposa de um membro, com 22 aninhos, ele tem 49 anos.
Chama-se Adão Tadeu Maciel de Sá, entitula-se Apóstolo e profeta, era da Catedral de Avivamento de Caxias do Sul.
Por favor não deixem este elemento entrar e fazer estragos em suas igrejas, trazendo maldição e escandalo para as igrejas, divulgem a todos os colegas de ministério do RS, SC, PR, SP e MG, as últimas informações que obtivemos é que estaria nas proximidades de Montes Claros - MG.
Não se deixem enganar por "choros e teatro" com pedidos de dinheiro.
Estou divulgando isto, pois congregamos com ele por um tempo, quando começamos a confrontrar algumas coisas e tentar marcar uma reunião em separado visando esclarecer alguns fatos, fomos deixados de lado (disciplina), como se estivéssemos em rebeldia contra nosso líder.
Também sou um dos avalistas que terá que pagar o aluguel da igreja atrasado.

Sem mais.
Grato.

Edificando em todo lugar..

type