segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Romper ou reatar os laços?



E sucedeu que, acabando Davi de falar a Saul todas estas palavras, disse Saul: É esta a tua voz, meu filho Davi? Então Saul levantou a sua voz e chorou.
(1Samuel 24:16)
Quem déra fôssemos tão taxativos em nossos relacionamentos o quanto gostaríamos!Seria assim:
_Ou eu gosto de você ou não gosto,ou quero falar com você ou não quero,ou estamos juntos ou não estamos,ou torcemos pelo bem um do outro,ou somos adversários!  
Mas na verdade,muitos de nós não sabem ainda direito se querem levar adiante uma briga/rompimento,ou recomeçar o relacionamento do zero;visto que dentro do coração ainda guarda boas recordações e carinho do outro.
Embora isto aconteça muito em casos de amor,não são estes os únicos relacionamentos que se complicam,pode acontecer entre nóras e sogras,pais e filhos,irmãos de sangue,melhores amigos,patrão e empregado ,pastores e ovelhas,enteados e padrastos enfim...é infinita as circunstancias onde as dúvidas sobre romper ou prosseguir tolerando, nos toma.
  Uma parte de nós diz:
''-Esta pessoa é falsa,não é minha amiga,não quer meu bem,já mentiu pra mim,me enganou,me tratou mal.Não posso continuar perto dela.''
 Mas a outra parte diz:
''-Esta pessoa não é de todo ruim,já passamos bons momentos juntos,ela já me ajudou muitas vezes,eu gosto muito dela,não queria que tivesse acontecido connosco o que aconteceu.''
   Ontem,enquanto o Espírito Santo falava comigo usando a história de Davi e Saul,de como Saul começou a ter ciúmes de Davi,atirar lanças contra ele para o matar e ir a sua caça -[palavras do próprio Davi}- ''como quem persegue um cão morto'',obrigando Davi a se esconder,morar em desertos e cavernas..encontrei o versículo que abre o post, nem um pouco coerente com a idéia que queremos fazer de Saul de um homem ruim e que odiava Davi;
E sucedeu que, acabando Davi de falar a Saul todas estas palavras, disse Saul: É esta a tua voz, meu filho Davi? Então Saul levantou a sua voz e chorou.1Samuel 24:16

no meio da perseguição,primeiro Davi provou seu carinho por Saul,poupando sua vida,quando na caverna em que Saul entrou para fazer suas necessidades fisiológicas,Davi teve oportunidade de matá-lo.Depois,num encontro face-a face,Saul se emocionou ao ouvir Davi argumentar a despeito de sua inocência e fidelidade ,chorou muito,chamou Davi de filho(visto que havia grande diferença de idade entre eles e que Davi havia morado temporariamente no palácio).Saul teve um momento de lucidez,admitiu que estava sendo  injusto, reconheceu  que estava decretado por Deus que Davi reinaria,pediu-lhe que  quando isto acontecesse apenas honrasse seus descendentes e voltou para casa,desistindo temporariamente da perseguição.
   Creio que aquele foi um momento impactante na vida de ambos,Davi saiu daquele lugar com o coração lavado,talvez tenha tido esperança de que seu relacionamento com Saul,estivesse  a salvo,voltaria aos dias em que era tido com bons olhos pelo rei,tocava para ele dormir,sentava-se a mesa para comer com ele e com Jonatass,filho dele e melhor amigo de Davi;quem sabe estaria de novo a frente dos exércitos do rei como homem de confiança..quem sabe.
   Infelizmente,mesmo com tantos sentimentos e recordações  boas tanto de Saul para Davi e de Davi para Saul,o desfecho dessa história não foi o ideal,as coisas nunca mais poderiam voltar a ser como antes,neste caso,valeu aquele velho ditado que diz que
''amizade é como cristal,depois que se quebra,nunca mais volta ao normal'' .
A rivalidade falou mais alto no coração do rei,o ódio em pensar que seria deposto,foi maior que o carinho  que tinha por aquele menino,que lhe fôra quase um filho,que era simpático,de agradável presença,valente,corajoso..mas por isto mesmo o irritava na mesma medida que lhe despertava admiração.
Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele.1 Samuel 16:18(palavras de um moço á Saul quando lhe descreveu Davi)
  A Davi restou apenas chorar,chorar muito,no dia em que Jonatas e Saul morreram e alguém viera lhe dar a notícia achando que se alegraria.De sua parte,o amor por eles falou mais alto do que o alívio de finalmente poder parar de fugir; Davi não se envergonhou em mostrar-se de luto,ainda que seus guerreiros não pudessem compreender isto, eu  particularmente penso que Saul e Jonatas  também teriam chorado caso o morto fosse Davi,ainda que Saul o fizesse escondido.
Sim houveram guerras,mas também houve comunhão entre eles...que triste quando as histórias de amor(qualquer espécie de amor)acabam assim!
Que duro é ficar sem decidir se queremos odiar ou amar definitivamente a alguém!..mas pra falar a verdade,esta é uma das características que nos torna tão semelhantes ao nosso Deus e Pai.Embora com todos os motivos para nos odiar e romper connosco,ás vezes Ele só quer nos amar e fazer as pazes,a tal ponto de entregar o que tinha de mais precioso nesta reatação
Não é Efraim para mim um filho precioso, criança das minhas delícias? Porque depois que falo contra ele, ainda me lembro dele solicitamente; por isso se comovem por ele as minhas entranhas; deveras me compadecerei dele, diz o SENHOR.Jeremias 31:20..
muitos,mesmo amados,acabarão separados de Deus por toda a eternidade por recusar-se a compreender isto;outros,mesmo sem se relacionar com Ele com a perfeição que deveria,acabarão encontrando um equilíbrio para este relacionamento,remidos no sangue de Cristo.
   Muitas nóras aprenderão amar suas sogras,patrões à seus empregados,pastores à suas ovelhas,filhos à seus pais,amigos à seus confidentes,irmãos à seu igual,homens à suas mulheres..e vive-versa,mesmo que ás vezes queira odiá-los.
E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão e o animal cevado andarão juntos, e um menino pequeno os guiará.Isaías 11:6
E infelizmente muitos...terão que viver separados  para sempre,e chorarão as boas recordações pelo tempo  em que o luto durar.
*Abraço e paz!
oração de hoje:
Senhor,quão confuso é nosso coração,quão inconstantes nossos sentimentos!Somos capazes de amar e odiar a mesma pessoa um milhão de vezes,capazes de desejar fazer o bem e apenas lhes fazer mal.Perdoa-nos,abate nosso orgulho,nos faz reconciliar,nos faz viver o bem.Pai,julga nossos relacionamentos,desprende-nos daquilo que só faz mal para nós.capacita-nos a liberar perdão e orar sinceramente em favor de nossos inimigos...afasta se prefere e que nos afastemos,mas reata-nos se ainda houver esperança.Em nome de Jesus,amém


***Para ler todo o contexto de onde foi extraído o versículo que abre a postagem e sua interpretação clique aqui



2 comentários:

Cindi disse...

Oi ale, tudo bem? Que palavra amada! Tocou muito em meu coração. Pois tenho passado por lutas com minha familia (tios e tias), pois sempre eu queria me reconciliar, mas sempre surgiam impecilhos principalmente por minha parte, meu coração estava endurecido e apesar de eles terem feito muitas coisas para dar motivo, Deus começou a falar em meu coração que eu preciso brilhar, pois se não como eles irão vir para Jesus, e eu abri meu coração, claro que orei muito e chamei eles aqui em casa e quebrei aquele circulo de ansiedade e mágoas e foi uma benção!!! O inimigo quer acabar com a união em todos os sentidos, casamento, familia, amizade. Mas se nos colocarmos na vontade de Deus e estivermos vigiando e orando por nossos relacionamentos Ele nos capacita, da sabedoria e guarda, as pessoas que são amadas por nós das setas do maligno.

Sabe achei interessante que a Gi do Blog Querido Deus obrigada por me exportar escreveu uma postagem sobre familia tbm, bem diferente da sua, mas querendo dizer a mesma coisa, sobre união.

Que Deus abençoe muito e continue te usando, bjs.

marca de cristo disse...

muito legal esse blog.
muito edificando.

Edificando em todo lugar..

type