sexta-feira, 26 de abril de 2013

Tentações,vamos lutar contra elas?


''Então Jesus foi conduzido ao deserto para ser tentado pelo diabo,
 e tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites,depois teve fome.''Mateus 4;1

Tentação-eis um assunto importante e conveniente ; pois estão sempre presentes na vida do cristão,hora em grande,hora em pequenas escalas,quer falemos delas ou não;ás vezes imperceptíveis,camufladas,outrora desesperadoras,mas sempre reais.
Quantas vezes ,enquanto tentados em alguma área,sofremos a tentação em silencio,sem conseguir compartilhar com o conjugue,com os pais,com nossos líderes espirituais,com algum amigo íntimo,e no pior dos casos com o próprio Deus,pois ,ainda que por enquanto,apenas ''espiando ou enamorando-se do pecado'',nos envergonhamos perante Ele,por tanto saber que devemos viver em santidade e que o padrão de vida que Ele deseja para nós é muito mais puro e elevado e ainda assim,nos sentirmos intimamente atraídos a seguir nossos próprios instintos!Quantas vezes,ao ver a tentação se fortalecer corremos para a Igreja,desejosos de que Deus use de alguém para falar conosco,para nos fortalecer e abençoar!
A tentação de Jesus:
Jesus,logo após seu batismo,foi conduzido pelo Espírito Santo para o deserto,para ali ser tentado pelo diabo.Note que este segundo  para,insinua que o objetivo do deserto era exatamente este:passar pela prova das tentações com as quais  Ele seria abordado.Isto se deu logo em seguida a seu batismo,o Senhor tinha acabado de completar 30 anos,a maioridade judaica;onde deixava de viver sobre a responsabilidade de seus pais,para assumir suas própria escolhas.Como não poderia ser diferente,Jesus escolheu fazer a vontade de Seu Pai Celestial o próprio Deus;já que provavelmente,até então,houvera vivido em submissão e ajudado,como filho mais velho,Maria e José a criarem os irmãos mais novos.Dava-se início  a seu o ministério como homem;e começou como todo ministério  deve começar:com o batismo nas águas,
a descida do Espírito Santo sobre si e com o sinal de aprovação de Deus.
E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.
E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo. 
Mateus 3:16-17

O fato é que entre o dia de seu batismo e estas marcantes palavras,e o começar efetivo de seu ministério,pregando nas sinagogas,seguido por multidões e fazendo muitos prodígios e sinais,houve um porém que fez toda a diferença:os dias no deserto,o jejum,e a resistência ás tentações.
Talvez se não houvesse resistido tão perfeitamente,a explosão ministerial seguinte não houvesse existido,ou não com a mesma autoridade e êxito.
Quero escrever outras postagens onde continuaremos neste assunto pois há muitos detalhes maravilhosos a serem explorados na tentação pela qual Jesus passou no deserto,mas hoje,em especial, o Senhor me leva a frizar a respeito do seu  jejum .
O jejum serve,para enfraquecer nossa carne,para que tiremos o foco das coisas terrenas e entreguemos corpo,alma e espírito nas mãos de Deus.O jejum é desconfortável num primeiro momento,não é fácil começá-lo,saber que teremos de abrir mão das saborosas refeições que fazem parte do nosso dia, nos ajustarmos em relação ás pessoas que almoçam ou jantam conosco,quem sabe lembrar dos almoços ao Domingo,que costumam ser os melhores e em família;
mas aqueles que mesmo com todos estes obstáculos são corajosos o bastante para iniciá-lo, com a carne mais enfraquecida e com nossa mente consciente de que estamos vivendo uma consagração, notam que  num segundo momento e ponto de vista,torna-se muito prazeroso,e poderemos ver o agir de Deus neutralizando os ataques do maligno contra nós.
Jesus jejuou por 40 dias,se entregou por 40 dias totalmente,renunciou a sua carne,ás suas vontades e necessidades físicas,pois queria se fortalecer espiritualmente.Esteve só no deserto,longe de amigos,ainda sem discípulos,longe das notícias de qualquer outro lugar,olhando pra dentro de si apenas,cuidando de seu  interior;certamente ainda ouvindo ecoar as palavras do Pai:Eis o meu filho amado em quem tenho prazer..
Quantos após o batismo,ou mesmo em outras fases mais avançadas da caminhada,nunca pararam para estar a sós,olhar apenas pra dentro de si,averiguar como anda seu emocional,desintoxicar das coisas deste mundo e ligar o pensamento ao Céu..quantos caem nas armadilhas preparadas pelo inimigo:logo em seguida ao batismo engatam um namoro,buscam popularidade nos grupos sociais e não passam pelo necessário processo do esvaziar-se,e do a sós com Deus!Deus sempre anseia pelo a sós conosco, já o inimigo quer que andemos distraidamente,não focando em Jesus e em tudo que significa andar com Ele.
Sei que nosso contexto é diferente do de Jesus:não podemos simplesmente abandonar nossas tarefas para ir a algum lugar específico jejuar,há o trabalho secular,a escola,as obrigações domésticas,mas podemos fazer do nosso quarto,ou qualquer outro lugar a sós,um lugar de reflexão.
Você que se sente totalmente fora do controle de sua própria vida neste instante,conduzido por diversos tipos de tentações,comece deixando Deus a par delas através de uma confissão em oração,lembre-se que tudo o que é ruim ,mas que você não confessa,se torna um segredo entre você e o diabo;depois esforce-se para iniciar um jejum ,peça ajuda ao Senhor para que tenha domínio próprio afim de cumprir até o fim o horário que se pré dispôs a jejuar.Se não conseguir fazer  jejum de liquido e sólido ao mesmo tempo, dê preferência em tomar liquido,e abstenha-se da comida;
existem muitos tipos de jejuns,comece devagar,mas saiba que mesmo hoje,Deus se agrada deste momento de consagração ,capaz de neutralizar o inferno e fazer calar nossa carne e seus instintos pecaminosos,e assim sendo,continuemos a lutar contra as tentações.
*Abraço e paz!
oração de hoje:
Senhor,quantas vezes a carne tem prevalecido contra nós,em nosso falar,em nosso sentir,em nosso agir ,em nosso pensar!Temos sentido de perto o fogo das tentações buscando nos conduzir ao pecado,mas escolhemos santificação,escolhemos ser chamados de filhos amados,em quem tens prazer.Ajuda-nos.Ajuda-nos a dizer não ao erro,a expulsar os maus pensamentos,fechar as brechas,orar sobre o assunto,jejuar.Ajuda-nos para que vençamos por Ti e por nós mesmos.Em nome de Jesus oramos,amém.

esta postagem é um oferecimento de :
www.chocolateemorango.loja2.com.br





2 comentários:

Nequéren Reis disse...

Boa tarde, Deus seja contigo, o seu blog é maravilhoso amei sucesso,já estou participando e seguindo o se blog. OBRIGADO PELA VISITA
Curta e participe do meu blog e fan page.
Twitter: https://twitter.com/
Instagram: http://instagram.com/nequerenreis
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Fan Pag: https://www.facebook.com/pages/Batom-Vermelho/490453494347852?fref=ts

Kassio Cavalcante disse...

Oi Maninha, faz um tempinho que eu não participo aqui no blog.
A palavra do Senhor nos diz que nós não seriamos tentados alem do que pudêssemos suportar.
Não somos pecadores lutando para ser santos, uma vez que nascemos de novo nos tornamos Santos que lutam contra o pecado, isso por que quando nos convertemos não nos tornamos santos instantaneamente, isso é um processo, todos os dias seremos tentados e devemos permanecer firmes. gosto de um versículo em Tg 4:7 que diz: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."
A melhor maneira ou única de você vencer de você vencer o diabo, a carne e as tentações é se rendendo totalmente ao Senhor e entregando a Ele as suas vontades e desejos.
e quando vier a tentação ele dará o escape.

um abraço!
conheça meu novo blog:
www.kassiocavalcante.blogspot.com

Edificando em todo lugar..

type