quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Desânimo


Uma carga pesada,que nos faz arrastar sem vontade,sem coragem,sem rumo.Assim é o desânimo.Faz com que aquele que tinha certeza de que estava chegando a algum lugar comece a sentir-se pesado,fraco,e desejo de parar e sentar.O mal humor lhe invade e seu olhar enxerga tudo com uma visão pessimista e negativa das coisas.
  Muitos incidentes podem nos desanimar nesta vida.Uma falta de resultado imediato,uma crítica destrutiva,um insulto,um deboche;menosprezo de outros sobre algo que para nós é tão importante,ou apenas uma opressão espiritual demoníaca(apenas?)
  Esta semana recebi um recadinho do orkut muito especial,e algumas palavras nele,fizeram um sentido muito forte para mim:as promessas de Deus são como estrelas,quanto mais escura a noite,mais elas brilham,e embora em algumas noites elas simplesmente não apareçam,podemos saber que elas continuam lá.Esta frase gostaria de compartilhar com aqueles que estão lendo este post e se sentem desanimados.é natural que no meio de tantas batalhas diárias,internas e externas,nos sintamos assim,como Paulo mencionou''por fóra batalhas,por dentro temores...'',ainda mais porque nosso adversário também sabe a potencia que somos nas mãos de Deus,e tenta impedir o tempo inteiro nossas vitórias,jogando sujo,e usando de baixos golpes .
  Elias,o profeta de Deus,passou por um período de desânimo,eu diria até de depressão,após uma ameaça que sofreu.Parou tudo o que estava fazendo,para dormir.Um anjo enviado por Deus,o acordou,deu-lhe uma refeição especial que só lá no céu tem,e na força daquela comida ele pode caminhar mais 40 dias.Mas o ''rastejar'' era por dentro,era uma tristeza que tomava conta de Elias,não se tratava apenas de cansaço ou peso físico,ele pensava não ter valido a pena seu ministério,os inimigos que enfrentou,pensava que era o único naquela sociedade que ainda temia a Deus,todos os outros ou haviam se desviado do caminho,ou estavam mortos.Uma hora,sem suportar mais estes pensamentos,entrou numa caverna,e ali ficou.
   Quantas cavernas criamos para nós quando não estamos bem!De fóra dessas cavernas,ficam  as pessoas que nos amam,sem saber o que fazer,torcendo para voltarmos a ser aquele guerreiro de Deus,valente como outrora.Estas pessoas podem ser nosso conjugue,filhos ou pais..em se tratando das crianças ,é muito cruel conviver com pais mal humorados,agressivos,repressivos,isolados,por causa do desânimo.Roubamos deles o direito de se alegrarem em nossa presença,e isto é altamente cruel!
    Elias foi restaurado pelo próprio Deus,que numa voz carinhosa,mostrou-lhe que ainda tinha planos para ele,que saísse da caverna,que continuasse a jornada,e que ele estava enganado:além dele,haviam outros a quem o Senhor conservou com um coração puro para servi-lo.
   Amado,depressão e desânimo atrasam nossas vitórias,consomem nossas bênçãos,nos deixam emprestáveis para tudo,e prejudica nossa aparência.
   Que o Senhor sopre sobre Ti um ânimo novo,e que seja carinhoso,como foi com Elias.Que te dê resistência e decisão de continuar...porque ainda é muito longo o caminho.
   Abraço e paz!
Já adquiriu meu livro?Se já manda uma foto pra eu postar aqui


**Adquira através de mim autografado pelo emailalessandradacunhabarcelos1@gmail.com
ou pela loja virtual da Editora Schoba clicando aqui
****Aproveite a promoção do sorteio de uma cópia no blog Açaí na Panela até dia 29/09 clicando aqui
****Se você é blogueiro e quer saber como obter um sorteio em seu blog também,manda um email para mim.

3 comentários:

UMA VIDA NADA ABORRESCENTE disse...

Ufa!!! como é bom ter lido este texto...
Me sinto assim, num desânimo só... Parece que os sonhos se acabaram..
Mas eu sei que a minha força virá do alto..
Glória à Deus pela sua vida..

Abraços..
Simone Ferreira

Toyin O. disse...

http://youcanfacetodaybecausehelives.blogspot.com

Gisley Scott disse...

Amém!


assim como vc acredito que o desânimo é uma opressão espiritual, veja que vem do nada, às vezes algo tão pequeno é capaz de acabar com o nosso dia, e fica parecendo uma nuvem preta que está a chover constantemente.Daí passamos a fazer escolhas e análises pelo emocional, o que embaça o nosso discernimento e assim como Elias, passamos a achar que somos os únicos que sofrem com isso.


Que alegria do Senhor venha ser a nossa força em dias difíceis como esses!

Bjos!

o meu blog evangélico está na ativa de novo!

www.cristianismopop.blogspot.com

Edificando em todo lugar..

type