terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Tentaram a Deus na solidão..


 ''Cedo porém se esqueceram das Suas obras,não se lembraram do Seu conselho;mas deixaram-se levar na cobiça do deserto,e tentaram a Deus na solidão.-Salmo 106:13-14

Um momento perigoso para qualquer um de nós que teme a Deus e procura viver a vida dentro da Sua vontade,seguindo seus mandamentos,buscando Sua Presença,confiando Nele e amando-o,é aquele momento onde,por mais que o busquemos,nada sentimos,apenas uma sensação de estar sozinho,ou passar totalmente despercebido aos seus olhos.
A Bíblia nos ensina que ,quando Moisés subiu ao monte Sinai,para receber do Senhor as tábuas da Lei,se demorou por lá,e o povo sentiu-se abandonado,não só por seu líder,como pelo próprio Deus.Muito mais do que os 10 Mandamentos,que conhecemos até hoje,o Senhor estava dizendo a Moisés como o povo deveria se comportar civicamente,para se tornar uma nação exemplo e santificada perante as demais nações.Eram muitos detalhes:Detalhes dos cultos,como deveriam ser,das vestes dos sacerdotes,as medidas,o material usado,detalhes acerca dos casamentos e das uniões aceitáveis e não aceitáveis perante Ele,detalhes  referentes a higienização do acampamento,sobre como deveriam proceder com fezes,fluxos menstruais;detalhes a cerca do enterro dos mortos,e das cidades de refúgio para pessoas que acidentalmente tivessem provocado a morte de outros;detalhes a cerca de como lidar com empregados e escravos,com empréstimos e dívidas(inclusive hoje,vemos na organização e leis de  nossa sociedade muitas coisas parecidas com as que Deus ensinou naquela ''reunião'' á Moisés) ..enfim,assim se passaram cerca de 40 dias.
Costumo dizer que 40,é um número bíblico que insinua tempo de provação..durante os 40 dias que Moisés permaneceu no monte,o povo estava sendo provado pela ausência do líder e o aparente silencio do Senhor,até que a dúvida,e o sentimento de abandono e solidão espiritual foram tão grandes que propuseram a Araão criar para eles um novo ser,a quem pudessem chamar de deus:
''Mas vendo o povo que Moisés demorava-se no monte,se reuniu e foi até Araão dizer-lhe:''Levanta-te,fazê-nos deuses que vão adiante de nós,porque em relação a Moisés,o homem que nos fez sair do Egito,não sabemos o que lhe aconteceu.''Exodo 32:1
Se Araão-segundo em liderança depois de Moisés -estivesse firme em sua fé teria virado-se para o povo e dito:
-''De maneira alguma!Moisés deve estar ocupado tratando de assuntos importantes com o próprio Deus,e depois de todas as maravilhas que vimos, não podemos duvidar de que não só Moisés voltará como trará novidades para nós da parte do Senhor!''
Mas certamente,tanto quanto o povo,Araão trazia consigo as duvidas e o sentimento de abandono e solidão..e assim o inimigo teve uma enorme brécha em Israel,corrompendo o povo e os levando a adorar uma imagem fundida,no lugar de Deus.
Mais do que condenar  ou justificar aqueles que fizeram parte deste lamentável contexto,escrevo esta reflexão a fim de que nós mesmos  nos dias de hoje vigiemos nas ocasiões em que não conseguimos sentir a Presença de Deus como gostaríamos,quando as orações parecem não passar do teto,quando a unção não flui naturalmente,quando não temos desejo intenso de falar em línguas,chorar ,ou quando após oração a resposta que obtemos na Bíblia não nos parece clara,ou ainda não tem a ver com o assunto pelo qual orávamos.Isto acontece muitas vezes,com todos nós,não importa o grau de espiritualidade..
mesmo assim,esperemos o tempo de Deus em se deixar encontrar por nós,o tempo de esclarecer todas as coisas..o tempo de Sua Presença ser tão forte e real que praticamente podemos senti-la se estendermos as mãos.Vemos ainda ao fim do livro de Êxodo, tempos depois do episódio do bezerro de ouro,quando o tabernáculo foi levantado,um relato assim:
''A nuvem cobriu a tenda da congregação,e a glória do Senhor encheu o tabernáculo;de maneira que Moisés se quer podia entrar na tenda da congregação,porque a nuvem estava  sobre ela,e a glória do Senhor enchia o tabernáculo.''Exodo 40:34-36
Hoje nós mesmos somos o templo que comporta a doce presença do Espírito Santo e se permanecemos buscando-o mesmo quando emocionalmente parece não o encontrarmos,também em breve seremos cheios de sua glória como o tabernáculo foi num momento pós duvida em Israel..
Deus preparava boas surpresas para o povo,enquanto eles pensavam ter sido abandonados..não fiquemos sussitíveis ao pecado,apenas porque Satanás insiste em tentar nos convencer de que Deus nos deixou,porque Ele nunca abandona os que o buscam com um coração sincero.Quando Deus fica em silencio,certamente esta trabalhando..abraço e paz!
oração de hoje:Senhor ,aqueles que te amam,te buscam desesperadamente  esperando poder te achar,porém muitas vezes não conseguimos te sentir e nem te ver em nossas vidas.Muitas vezes também se ausentam de nossas vidas nossos líderes e exemplos espirituais..nestas horas,faz-nos fiéis e constantes contigo,esperando para ver o que o Senhor fará por nós sem nos desviar ou ceder ao pecado,te pedimos e agradecemos em Nome de Jesus,amém!

3 comentários:

Ana de Geo disse...

Oi, Alessandra. Sim, é verdade. Somente Deus é a nossa luz. Obrigada pela sua oração. Eu vou melhorar. Fica na paz.

Gisley Scott disse...

Alessandra, toda vida que eu decidi não esperar "os 40 dias", eu só me frustrei. Eu cansei de fazer as coisas do meu jeito e dá um passo para frente e 40 para trás.

Tentar a Deus e dá um jeito na situação só me mostra que eu estava querendo resolver um buraco com outro. O melhor é esperar Nele pq esperando Nele a gente sempre corre!

Bjos

Patricia disse...

Parabéns!!! Deus abençoe!

Edificando em todo lugar..

type