domingo, 9 de fevereiro de 2014

Ouro,vestes e colírio.



Há dois dias atrás li e prestei muito atenção em um versículo no livro de Apocalipse.Ele merece ser esmiuçado com carinho e temor.Trata-se de um conselho dado ao Anjo da Igreja que se encontrava em Laodicéia.
E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.
Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.
Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.Apocalipse 3:14-19

Não conheço muitos dados históricos desta Igreja para ministrar aqui,mas seu problema ficou para nós exposto e registrado nas Escrituras,para reflexão,exemplo ou até mesmo para que,aqueles que porventura se identifiquem com o comportamento desta Igreja,acolha para si os três conselhos que o Senhor dos deixa nesta profecia.
Podemos falar da Igreja como congregação,ou da Igreja como indivíduo pessoal,pois creio eu que este estado de ''mornice'' espiritual pode ser pessoal ou geral;pode inclusive começar pela liderança e atingir todo o corpo de Cristo,sem que se perceba com facilidade,mas,uma vez identificado o diagnóstico,deve ser tratado com urgência.
Igreja morna para mim é aquela que não ata e nem desata,não busca o Espírito nem deixa de crer na sua manifestação,não se santifica mas continua pregando contra o pecado,não tem visão,mas continua agindo como se tivesse vendo tudo e discernindo tudo.Por isso,o Senhor nos dá estes 3 conselhos.
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. Apocalipse 3:18
1-que de mim compres ouro provado no fogo
Comprar algo,é o mesmo que dizer ''pague um preço''.Ouro e fogo, são coisas relacionadas ao Espírito Santo de Deus.Ele nos purifica através de seu agir em nós,muitas vezes fazendo arder em nosso coração o desejo de buscar a Deus,de mudar de vida,de provar as coisas sobrenaturais.
Uma Igreja ou indivíduo morno,é aquele que acha lindo o agir do Espírito,mas não paga um preço em buscar profundamente,não sente desejo de se entregar por completo em momentos de oração e adoração,não se esforça por ver e viver  a glória de Deus.Muitas vezes o buscar se resume ao que o culto geral tem pra oferecer,mas tanto na vida dos que compõem o altar como do povo em geral,o buscar deve ser contínuo,muito além das duas horas em média que se passa no templo.
2-comprar roupas brancas para que te vistas.
Santificação é algo cada vez mais difícil.Quando mais o tempo passa,mais banal parece,mesmo no cristianismo,o ato de se santificar.Alguns de nossos pecados nós mesmos perdoamos e ''obrigamos Deus'' perdoar,nós mesmos nos desculpamos e julgamos impossível nos afastar dele.Mas a Palavra ainda diz que sem santificação ninguém verá a Deus,e por isso..a separação entre ser santo ou profano ainda é necessária.Não é possível um meio termo,isto também é ser morno.
3-e colírio para que vejas..
Na verdade este foi o trecho que mais me chamou a atenção e que mais tenho incluído em minhas orações desde então.Muitas vezes chego em casa da loja por volta das 19 horas,deito por um tempo em minha cama e começo a orar,coloco as mãos sobre meus olhos e clamo ao Senhor que me dê de sua própria visão.Pode ser que eu esteja enxergando as coisas fora da visão de Deus,a pretensão não ajuda cristão nenhum,é sempre melhor desconfiar de nós mesmos e daquilo que pensamos estar bom ,do que acreditar demais.Um dos erros da Igreja de Laodicéia era justamente se achar ''rica,''(espiritualmente)e não ter falta de nada;mas,o Senhor a confronta com a verdade:era pobre(espiritualmente)cega e nua.
A visão de Deus é ampla,é saudável,não é distorcida,não se baseia nas circunstancias,e é da visão segundo Deus que não só eu,mas todo cristão precisa.Se houver visão,fica mais fácil tomar decisão,seguir em frente,ou recuar;enxergar os perigos,enxergar e compreender as placas de alerta.Tenho pedido,tenho clamado por um pouco deste colírio sobre meus olhos,pois não quero ao fim de tudo ter uma surpresa negativa sobre meu andar com Deus.Achei curioso encontrar a palavra colírio n Bíblia,achava que era um termo mais recente,pra mim,foi mais ou menos como ler ''dipirona''.Ou seja,o Senhor nos aconselha a usar um determinado tipo de remédio para curar uma deficiência ,ou enfermidade.No caso''falta de visão''.No entanto é um colírio que só podemos ''comprar Dele'',encontrar Nele,pagando um preço de busca.
O grande mal da Igreja,é se acomodar em suas imperfeições.É permitir que os cultos se repitam um após outro ,aparentando avivamento por causa dos rituais,mas sem transformação de alma.No início pode até nos preencher,mas com o passar do tempo,nos tornará mornos:sem o Espírito,sem a santidade e sem visão.
Que  passemos,ou- para quem já sentiu a necessidade-continuemos a confrontar nossa deficiência como cristãos.Paguemos um preço para ter mais ,paguemos um preço para ser mais e paguemos um preço para enxergar com perfeição.Este é o desejo ardente do meu coração,em temor e amor por Cristo,amém.
*Abraço e paz!
oração de hoje:
Senhor,não nos deixemos enganar por nada ,nem ninguém.Não creiamos em nossa religiosidade ,nem em nossos rituais.Paguemos um preço dante de Ti,em te buscar,em buscar do Espírito na fonte que é Cristo e Sua Palavra,que temamos o bastante para ,mesmo neste século,santificar nosso coração,nossas mentes,nossos corpos,nosso falar e nosso pensar.Que arda em nós esta chama de inconformação contra o pecado.Que reconheçamos que nossa visão é limitada,e que precisamos ver segundo a tua visão.Dá-nos do teu colírio,unge com ele nossos olhos,em nome de Jesus,amém.

2 comentários:

Anônimo disse...

A paz do Senhor Jesus!
É verdade Alessandra, devemos incansavelmente viver essa busca em nossa vida. Esse post é um grande despertamento, eu digo por experiência. Sempre achamos que o que estamos fazendo, muitas vezes o mínimo, é o bastante. E sim, a acomodação vem.
Eu estava assim, bem morninha, "bem distante". Mas Deus tem me despertado e tenho encontrado muita alegria em está me dando mais, pagando mais o preço, buscando mais seja lendo, orando, intercedendo, enfim... E isso tem me mudado, sou bem melhor hoje.
Abraços de paz e uma semana abençoada!!!
Mônica Soares

Adna Charife disse...

Palavra maravilhosamente edificante, Alessandra!Posso dizer que essa palavra veio de encontro às minhas necessidades no momento.
Apesar de ter lido muito rapidamente, senti-me edificada e motivada. Procurarei voltar a ler "ruminando"...
Realmente,a religiosidade pode facilmente nos levar à uma situação de comodismo, que rapidamente se transforma em mornidão.
Obrigada por dedicar parte de seu tempo escrevendo suas meditações, que edificam. Deus a abençoe.
Fraternalmente, em Cristo,

Adna.

Edificando em todo lugar..

type