sábado, 15 de fevereiro de 2014

Eu não pedi

Muitas vezes ouvimos elogios,e tomamos para nós como exemplo,o gral de descrição da mulher sunamita,aquela que sendo generosa e dando pouso e comida ao profeta Eliseu em sua casa sempre que ele visitava a cidade onde morava,acabou por despertar nele tamanha gratidão que ele decidiu recompensa-la de alguma forma.
Eliseu pesquisou o que lhe poderia ser feito,e seu moço então informou-lhe que ela e o marido viviam sós,que havia reparado que ela era uma mulher sem filhos.
Geralmente fazemos menção do fato de,após alguns anos do profeta ter declarado que ela teria um filho,o filho dela ter nascido,mas depois de outro tempo, morrido;e ela,sem contar nem mesmo para o marido,foi ao encontro do profeta .
A Palavra diz que,vendo Eliseu de longe que ela se aproximava,ordenou ao seu moço Geazi que fosse ao seu encontro e lhe perguntasse se estava tudo bem com ela,com o marido,com o filho;ao que ela respondeu ''Vai tudo bem.''
Partiu ela, pois, e foi ao homem de Deus, ao monte Carmelo; e sucedeu que, vendo-a o homem de Deus de longe, disse a Geazi, seu servo: Eis aí a sunamita.
Agora, pois, corre-lhe ao encontro e dize-lhe: Vai bem contigo? Vai bem com teu marido? Vai bem com teu filho? E ela disse: Vai bem.2 Reis 4:25-26

São raras as pessoas que ainda hoje,esperam o momento certo de falar sobre seus problemas,ou se reservam a falar exclusivamente com a pessoa que pode solucioná-lo-como fez a sunamita.Geralmente,choramos e lamentamos alto,murmuramos,a quem quiser ouvir e acabamos por desabafar com pessoas erradas que mais tarde,se decidirem deixar de serem nossas amigas,usarão aquilo contra nós(quem nunca passou por isso?).Por isso este ''Vai tudo bem '' dela,em resposta á Geazi,nos revela um grande gral de descrição mesmo em circunstancias desesperadoras,afinal ,seu filho estava morto em casa!
Mas ao ler este texto sob um novo olhar ultimamente,o que mais tem me chamado a atenção é duas outras qualidade da sunamita além de sua generosidade e descrição;
a primeira,é que ela evitava iludir-se,ou não suportava a ideia de ser iludida por alguém:
Ela havia se conformado já com a ideia de não poder ter filhos.Quando Eliseu chegou-lhe profetizando que naquela mesma época do próximo ano ,quando ele voltasse a vê-la ela teria um filho nos braços,a primeira coisa que ela lhe disse foi:Não enganes tua serva!
E ele disse: A este tempo determinado, segundo o tempo da vida, abraçarás um filho. 
E disse ela: Não, meu senhor, homem de Deus, não mintas à tua serva.2 Reis 4:16
Há pessoas que gostam das mentiras e das ilusões.Na verdade vivem a correr atrás delas.Preferem ouvir coisas boas ainda que no fundo saibam que não é e nem serão verdade,do que ouvir a verdade nua e crua.É o caso daqueles amores doentios,não correspondidos e daqueles que se conformam com a desculpa esfarrapada de seus parceiros para não assumir um relacionamento sério,ou ainda,para justificar as traições cometidas.Também é o caso de pessoas que recorrem a cartomantes e até falsos profetas.A sunamita não.Ela queria viver a verdade,ainda que fosse dura.Achava impossível ter um filho,certamente já havia desejado muito e lutado para isto em outros tempos e agora estava num período de conformação ,por isso,advertiu o profeta que não tentasse agradá-la enganando-a.
Sim,isto pode ser considerado uma qualidade,que vem com a maturidade,com as desilusões da vida,mas também pode ser considerado um defeito,se permitirmos que as desilusões nos tornem céticos,irônicos a respeito das boas coisas da vida,incrédulos.A Bíblia conta outros casos de longa esterilidade que provocaram falta de fé em alguns casais.Sara,mulher de Abraão riu ao ouvir que teria um filho aos 90,Zacarias duvidou também quando o Anjo Gabriel lhe apareceu dizendo que Izabel sua esposa teria um filho na velhice,e por isso passou os 9 meses da gestação de Izabel mudo.
O tom usado pela Sunamita me soa como uma ameaça de quem não quer que brinquem com seus sentimentos,pra mim,é mais ou menos como dizer:
_Não brinque comigo apenas para se sentir grato ou para me deixar momentaneamente feliz,se isto não for verdade,é melhor nem me iludir a respeito!
A segunda qualidade que vejo na sunamita,ou talvez nem seja ainda uma qualidade,mas apenas algo que revelam sua maneira de lidar com suas emoções,é quando,após declarar a Geazi que ia tudo bem(já com o filho moço e morto em casa),ela fica a sós e cara -a cara com Eliseu lhe diz:
_Pedi eu a meu senhor algum filho? Não disse eu: Não me enganes?2 Reis 4:28
Quantas vezes nós também participamos do mesmo sentimento que a fez desabafar e exigir satisfações assim!Muitas vezes,preferimos mil vezes não ter algo,do que ter para depois perder.
A sunamita expressa a personalidade de alguém que era bem oito ou oitenta:ou me dá para durar,ou nem me dê.Não me iluda nem por um segundo,nem me iluda a longo prazo!
Ao fim desta história,tudo se resolveu,Eliseu a acompanhou e ressuscitou seu filho,como vocês podem conferir em detalhes aqui.
A questão é :talvez muitos de nós estejam fazendo a mesma cobrança ao Senhor dizendo:
_Eu não te pedi tal e tal coisa,o Senhor mesmo decidiu  e/ou permitiu que isto viesse até mim.Agora não é justo permitir que eu perca,que se vá,pois certamente a dor de ter um dia e agora perder é muito maior do que se eu nunca o tivesse!
Quero  hoje esclarecer e analisar com esta reflexão que as bençãos de Deus,inclusive os dons,são sem arrependimento
Porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento.Romanos 11:29
Deus não costuma nos tirar nada,geralmente é Ele quem nos devolve.
A Bíblia aponta como aquela que rouba,mata e destrói o diabo,este sim,é o autor de doenças,misérias,fracassos,falências,rompimentos,adultérios e mortes.
Vejo na Bíblia histórias de Jesus atendendo orações,curando cegueiras,paralisias,possessões demoníacas,ressuscitando pessoas,não declarando:_Que morra!
ou amaldiçoando qualquer outra coisa senão a figueira sem frutos!
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10
Aprendi que a Palavra restituição não deve ser usada em exigências a Deus como se Ele nos tivesse roubado,mas sim com o devido respeito devido a um Juiz que pode castigar o verdadeiro ladrão e fazê-lo devolver aquilo que nos roubou.
Restituição não é apenas o que tínhamos antes,mas também um juro ou acréscimo pelos danos causados.
Que sejamos francos como a sunamita..não pedimos,mas já que nos foi dado,por que havemos de perder?por que aceitar que seja tirado?
Tendo a esperança de que Deus deseja sempre nos ver feliz e que tem poder para restaurar a felicidade que o diabo tenta a todo instante tirar de nós.
*Abraço e paz!
oração de hoje:
Senhor,há coisas que esperamos por tão longo prazo que ao fim desistimos de esperar e aprendemos a nos conformar.Há coisas que depois de muito desejadas e finalmente recebidas quando já não esperávamos,perdemos.Restitui a nós a felicidade que o diabo nos tem roubado.Devolvá-nos Senhor,em nome de Jesus,como Eliseu devolveu o filho da sunamita.Em nome de Jesus,amém.

Esta postagem é patrocinada por:
www.chocolateemorango.loja2.com.br

4 comentários:

Ana Paula Ana disse...

Amo essa passagem... e a sua explanação tocou meu coração de uma maneira que só posso glorificar a Deus por sua vida! Há um mês encontrei seu blog e tenho acompanhado todos os seus post, mas esse em especial tocou muito meu coração.
Que o Senhor continue te usando sempre como canal de bençãos.
Bjo

Gisley Scott disse...

Às vezes Papai tá só testando nosso caráter para ver se ficaremos mais apegados à bençao do que à Ele, mas como você falou, o principal é a nossa motivação e disposição do coração enquanto o mar não abre.

Obg por essa palavra!
Bjos

Gisley Scott

Anônimo disse...

A paz do Senhor Jesus!
Deus seja louvado por essa palavra.
Eu precisava demais encontrar forças numa palavra relacionada a isso. Eu tenho um sonho que anseio demais e alguém bem próximo a mim profetizou que logo se realizaria. O tempo passou e fui ficando sem forças de lutar e até mesmo de sonhar com ele.
Acho que a pior coisa é quando perdemos a esperança, quando desistimos daquilo que tanto desejamos.
Que Deus te abençoe sempre Alessandra e que haja paz no seu lar!
Vou lutar pelo meu sonho, mesmo que em momentos difíceis tenha que declarar: Vai tudo bem! E um dia testemunharei aqui nos comentários a minha vitória.

Abraços de paz!
Mônica Soares

SANDRA REGINA DE C MACHADO disse...

Paz minha irmã, como todos os dias estou aqui compartilhando a palavra de Deus através de seu post. Te amo em Cristo Jesus e continue sendo esse vaso de honra para a igreja do senhor.

Amém

Edificando em todo lugar..

type