quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Tédio e queixas


''A minha alma tem tédio da minha vida,darei livre curso a minha queixa,falarei da amargura da minha alma.''-Jó 10:1
Ao ler com atenção este primeiro versículo do capítulo 10 do livro de Jó,talvez você se reconheça ou identifique o comportamento de alguém a quem conheça,que esteja passando por este momento de desvelo para com a vida.
Eu imagino logo o tipo de pessoa a quem comummente chamaríamos de chata,mal humorada,reclamona..e era assim mesmo que Jó estava.Tão amargurado por tudo o que lhe aconteceu,tão cheio de tédio pelo quase nada que lhe restou e sem boas perspetivas para o futuro,que pouco se importava em fazer um social diante dos amigos,querer parecer otimista ou espiritual. Eu traduziria o versículo como quem diz algo mais ou menos assim:
_Estou entediado,minha vida tornou-se sem sentido,me queixarei mesmo!Falarei sim das minhas amarguras porque elas são reais e dolorosas demais para que eu as disfarce!
Sabemos-através dos relatos bíblicos- que Deus não suporta murmuração,sabemos também que no fundo no fundo,todos nós odiamos.Ninguém gosta de conviver por muito tempo com pessoas queixosas,desanimadas,reclamonas,que só enxergam o lado negativo de todas as coisas.A energia é ruim,acabamos contaminados por ela.Assim,muitos desistem da convivência,vão se esgueirando,outros tornam-se semelhantes e poucos são os que mesmo perto,se preservam plácidos,amorosos,e usando de todo bom humor,carinho,afeto,amor, palavras  e atitudes de conforto conseguem ajudar o outro a sair desta masmorra.
O óleo e o perfume alegram o coração; assim o faz a doçura do amigo pelo conselho cordial. Provérbios 27:9
Admiro aliás aqueles que escolhem não por falta de opção mas por plena convicção da vocação a profissão de enfermagem.Pessoas assim sabem que terão que conviver com o estado frágil do ser humano,sentir cheiros desagradáveis,ver carnes apodrecidas,dilaceradas,conviver com o desespero e a dor do paciente e até suportar o mal humor dos mesmos;muitas vezes lidam também com grandes tragédias e mortes.
Psicólogos também tendem a carregar este pesado fardo,portanto,precisa ter vocação e equilíbrio,pois lidará com mentes doentes,traumas grandes e pequenos,alguns tão complicados que podem desnortear o próprio ajudador.
Na última semana ouvi relatos de que no Japão há um grande índice de suicídios,porque lá ,a cultura e educação japonesa inibe e condena o ato de demonstrar fraqueza nas emoções quer para a sociedade,quer para a própria família.Sem conseguir portanto lidar com seus dramas,muitos japoneses tem recorrido infeliz e equivocadamente ao suicídio como porta de escape ás pressões.
Jó,não estava para disfarces.Não estava para se fingir de equilibrado,conformado ou algo do tipo.Estava desgostoso da vida,e não era para menos:perdeu os filhos,perdeu os bens,perdeu a saúde,virou chacota entre os conhecidos,perdeu o respeito até dos empregados e íntimos.Tudo o que podia fazer-e julgava-se no direito de fazer o quanto quisesse era queixar-se;
gemer enquanto a dor doesse,chorar enquanto houvessem lágrimas,argumentar sobre as injustiças sofridas enquanto encontrasse palavras.
Embora reclamar não resolva e alguns ao contrário de Jó abusam desnecessariamente,apontam para um mal estar real,e ser honesto com nosso próprio luto quando não conseguimos superá-lo é necessário e alivia .
A Sunamita-como vimos a duas postagens atrás aqui no blog,teve forças para declarar para Geazi um:''Vai tudo bem'' com o coração partido e o filho morto em casa.Mas desabou diante do profeta  Eliseu porque entendia que alguma coisa ele poderia fazer para ajudar-lhe.
Jó,não abriu mão de sua fé e confiança em Deus nem mesmo nos piores momentos da sua vida;nada o fez deixar de esperar no Senhor e crer Naquele a quem serviu com sinceridade por uma vida inteira..mas seu tédio era real naquele momento,suas queixas faziam muito sentido,dores lhe doíam sem para nas feridas da carne e nas da alma,era seu direito como ser humano lamentá-las.
Se alguém perto de você está assim,procure ser o mais compreesivo e condolente possível;
Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram;Romanos 12:15
isto não é pra qualquer um,a esposa e os três amigos de Jó que intencionaram consolá-lo a princípio,logo se escandalizaram com suas queixas e ,pelas próprias palavras de Jó,se tornaram amigos molestos(incomodaram e pioraram seu estado mais do que ajudaram).
Tenho ouvido muitas coisas como estas; todos vós sois consoladores molestos.
Porventura não terão fim essas palavras de vento? Ou o que te irrita, para assim responderes?
Falaria eu também como vós falais, se a vossa alma estivesse em lugar da minha alma, ou amontoaria palavras contra vós, e menearia contra vós a minha cabeça?
Antes vos fortaleceria com a minha boca, e a consolação dos meus lábios abrandaria a vossa dor.
Se eu falar, a minha dor não cessa, e, calando-me eu, qual é o meu alívio?Jó 16:2-6

Se você mesmo é quem se encontra assim,ore a Deus.Pode queixar-se com sinceridade,sem contudo deixar de crer que Ele pode restaurar-te.Embora o Senhor odeie murmurações,sabe parar para ouvir um coração partido e julgar nossas razões como ninguém.
Porque assim diz o Alto e o Sublime, que habita na eternidade, e cujo nome é Santo: Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos. Isaías 57:15
Se não houver palavras,o gemido do Espírito traduzirá perante o Senhor o raio x do seu coração.
Meu desejo é: que como foi com Jó,você seja plenamente restaurado num breve momento,o tédio e as queixas de agora se tornem apenas lembranças e sua boca possa se encher de louvores de gratidão e testemunho.Em nome de Jesus,amém.
*Abraço e paz!

vocabulário:
tédio: Sentimento de aborrecimento, nojo, desgosto: o tédio dos longos dias de isolamento.
Sentimento enfadado provocado pela demora no desenvolvimento de alguma coisa. 
Sentimento de aversão, de desgosto sem causas aparentes. 
livre curso;

Esta postagem é patrocinada por:
www.chocolateemorango.loja2.com.br

2 comentários:

Daiane Vieira disse...

Evangelizar realmente é preciso, para que as crianças conheçam o caminho, parabéns pelo blog.
Também tenho um blog http://hotmart.net.br/show.html?a=A953328D.

Sozinho você vai mais rápido, e juntos vamos mais longe.

Anônimo disse...

A paz do Senhor Jesus!
Que lindo é Alessandra a maneira como Deus ministra ao seu coração. São palavras tão fortes, tão sábias que só vindo do Papai mesmo pra nos tocar tão profundamente assim...
Deus te abençoe grandemente e sempre esteja a sua frente.
Mônica Soares

Edificando em todo lugar..

type