segunda-feira, 29 de julho de 2013

Valentes


''E eu ainda procuro por valentes pra lutar comigo nesta guerra.Gente sóbria que não ri fora de hora e não brinca na arte de guerrear.Gente que não espera meu pedido de socorro mas me socorre lealmente quando me vê pelejar.''Alessandra Barcelos
Enquanto escrevia esta pequena reflexão em meu Facebook,comecei a lembrar-me de Davi.
Na verdade , há dias meu sub consciente -agora já bem consciente-tem pedido ao Senhor reforço,por todos os desafios que encontro no caminho e que estou certa de que sozinha será mais difícil superar e vencer.
Tenho a impressão de estar lutando humanamente sozinha e acho isto injusto,já que o resultado não beneficiará apenas a mim mesma,mas a muitos a minha volta.Sinto estar lutando sozinha em casa,ministerialmente,profissionalmente e até pela salvação de meus parentes;em sentido moral ou prático,todos ficarão muito felizes com o resultado,desde que não precisem se esforçar ou se envolver diretamente e isto me entristece e desanima.
Lembrei-me de Davi com esperança,num trecho de sua história,quando ele foi obrigado a se esconder na caverna de Adulão,pois estava sendo perseguido por Saul e seu potente exército,assim que Saul descobriu que Davi seria seu substituto, que havia sido ungido como rei e tratou de procurar sua morte.  Davi não teve outra escolha senão a de abandonar o palácio,onde era tratado com as honrarias de um general até então, para sair sem lenço e sem documento como fugitivo errante e encontrar refúgio na caverna.
Provavelmente Davi se sentiu fragilizado e solitário ali,fez as contas do numeroso exército que obedecia as ordens de Saul e apavorou-se ainda mais,pois com ele não havia ninguém;então escreveu o Salmo 142,com sentimento de solidão e falta de auxílio muito parecido aos que me fizeram escrever a reflexão que abre esta postagem,ali Davi orou assim:
''Com a minha voz clamei ao SENHOR; com a minha voz supliquei ao SENHOR.
Derramei a minha queixa perante a sua face; expus-lhe a minha angústia.
Quando o meu espírito estava angustiado em mim, então conheceste a minha vereda. No caminho em que eu andava, esconderam-me um laço.
Olhei para a minha direita, e vi; mas não havia quem me conhecesse. Refúgio me faltou; ninguém cuidou da minha alma.
A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a minha porção na terra dos viventes.
Atende ao meu clamor; porque estou muito abatido. Livra-me dos meus perseguidores; porque são mais fortes do que eu.
Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem.''
Salmos 142:1-7
O pedido não foi ignorado,sua aflição e angústia não foram desprezadas.No livro de 1 Samuel capítulo 22,a Palavra de Deus nos conta o que aconteceu após a oração de Davi:
''Então Davi se retirou dali, e escapou para a caverna de Adulão; e ouviram-no seus irmãos e toda a casa de seu pai, e desceram ali para ter com ele.
E ajuntou-se a ele todo o homem que se achava em aperto, e todo o homem endividado, e todo o homem de espírito desgostoso, e ele se fez capitão deles; e eram com ele uns quatrocentos homens.''
1 Samuel 22:1-2
Como lido acima,os primeiros a chegarem para junto dele na caverna foram seus pais,certamente bastante idosos já,não acrescentavam nenhum apoio de guerra(tanto que logo Davi tratou de deixá-los em segurança na cidade de Mizpe(1Samuel 22:3)mas, um valor emocional muito grande,pois nada como ter em meio ás batalhas da vida,o apoio daqueles a quem mais amamos,a nossa família.
Em seguida,juntaram-se a ele o exército mais improvável que se poderia pensar:constituído de homens endividados,em aperto,e de espírito insatisfeito.Certamente pessoas diretamente prejudicadas pelo mal governo de Saul em Israel e que tinham todo motivo do mundo em rejeitá-lo,vendo portanto em Davi a esperança de dias melhores,eram cerca de 400 homens! 
Lembrando-me desta palavra,me ponho a pensar em quem Deus vai levantar pra se empenhar comigo em minhas batalhas.Quem vai assumir comigo as guerras pelas quais preciso pelejar.Quem vai me ajudar na Igreja,quem vai me ajudar a realizar tudo o que tenho sonhado para ela em Elisiário.
Pouco antes de escrever,comentava com meu marido sobre meus sentimentos,e até reclamava um pouco pela falta da ajuda dele nestes dias em alguns departamentos..mas enquanto escrevia,ele andava pela loja a orar..creio que meu primeiro soldado já foi despertado.Por ventura há mais algum com quem eu possa contar aí?
Abraço e paz!
oração de hoje;
Senhor,como Davi que se sentiu solitário e impotente diante de quem o desafiava na caverna de Adulão,deixando isto claro em sua queixa no Salmo 142,eu também me sinto.Como nos revela tua Palavra em 1 Samuel 22,quando o Senhor envia a Davi um exército improvisado de 400 homens para lutar com ele,eu também desejo que surja de algum lugar,homens e mulheres de fé e ação para comigo lutar.O Senhor sabe onde está a mão que se estenderá em meu auxílio,a voz que se levantará intercedendo por meu ministério.Que  a todos quanto por ti forem tocados,sejam os mesmos a quem pessoalmente o Senhor venha retribuir com bençãos e provisões.Oro em nome de Jesus,amém..





Esta postagem é patrocinada por:
www.chocolateemorango.loja2.com.br

5 comentários:

Bell disse...

Oi Ale

Às vezes a gente se sente como Davi, sozinho, abandonado.
Mas não podemos deixar a esperança morrer, pq nem sempre Deus responde de imediato nossas orações.
Fé e esperança sempre.

bjokas =)

Michelle Goulart disse...

Amei, seu blog mesmo Alessandra! É muito benção viu? Que Deus a abençoe, e te dê fé e força na tua caminhada!
Beijos!

Ah, não conseguiste me seguir porque eu ainda não tinha atualizado as edições.

http://loveinchristoriginal.blogspot.com.br/

Vitoria Morais disse...

Ola, gostei do texto e eu queria convidar a todos a visitar o meu blog e compartilhar la as mensagens! http://deus-eu-te-amo.blogspot.com.br/, serão bem vindos!!!

Clailton disse...

Descobri o seu blog por acaso. Gostei e estou seguindo. Faça uma visita em meu blog e se gostar, por favor, siga-o também! http://www.codigodabiblia.com/

SANDRA REGINA DE C MACHADO disse...

Olá minha irmã, conheci seu blog ontem, e estou lendo todas suas postagens, que por sinal estão me edificando muito. Essa em especial me fez mais uma vez perceber que não estou sozinha com meus dilemas. Também me sinto sozinha na batalha espiritual, perdi muito tempo no crescimento espiritual, mas no ultimo ano o Papai me despertou e sinto falta de alguém próximo de mim com o mesmo intuito, principalmente esposo e familiares, parece fora da normalidade para eles, mas como ministerialmente estou em vários degraus abaixo de você, suas postagens estão me ajudando a ficar firmes e ter esperança que Deus vai prover valentes para batalharmos juntos, talvez como fez com Davi, os menos prováveis e com dores como eu. Te amo em cristo Jesus

Edificando em todo lugar..

type