segunda-feira, 5 de maio de 2014

Conflitos, boas novas e recomeços


Olá,como vão?Espero que bem..
Desde a Páscoa não escrevo nada por aqui,e na última postagem houve um silencio total nos comentários,isto me dá medo rsrs!
Mas..trago boas novas a respeito da minha vida pessoal e de minha família:naquela noite decidimos visitar uma nova Igreja,já que depois de 6 meses de tentativas árduas,não conseguíamos mais ter vontade de frequentar a nossa,na qual servimos há 15 anos mais ou menos.
Antes de definharmos até morrer de vez,pedi ao Alex para que fossemos em uma Igreja em Catanduva(Shekinah),pela qual passávamos toda vez que íamos para o curso de teologia,e simplesmente nos apaixonamos por tudo,desde a estrutura da Igreja:tamanho,sala de amamentação para bebês(vou precisar em breve),playground para crianças(meu filho Gabriel 9,e sobrinho Thiago 10,amaram!)Tratamento acústico,ar condicionado,estacionamento...até a estrutura espiritual que é o principal(louvor maravilhoso,palavra profunda e cheia de conhecimento,pastores jovens,crianças ativas,jovens ativos,ministério de dança que adoram o tempo inteiro durante o louvor..etc)e ontem foi nosso terceiro domingo lá.
Já pedi a minha pastora a carta de transferencia,porque acredito que temos que saber entrar e sair de qualquer lugar,e estamos experimentando o novo de Deus para nossas vidas,certos de que Ele será conosco neste novo tempo.
Não,não acho de todo uma boa notícia se analisarmos a situação como quase um divórcio..foi sofrido,ficamos tristes por muito tempo,sem rumo,nos segurando firmemente no Senhor para que não morresse nossa fé.Mas,as mudanças na direção da Igreja que servimos foram tão grandes que a tornou praticamente irreconhecível aos nossos olhos..ou mudávamos de lugar para congregar,ou em alguns anos estaríamos totalmente desestruturados espiritualmente.
Para entender melhor meus sentimentos neste período,leia as poesias escritas em meu outro blog:
Dependência,Me Espera,Nudez,e principalmente:Não Me Deixe Ir.
Nesta última,há um trecho em que escrevi:
''Onde eu for,vem;
ou se for,me leva.
Se eu errar,me corrija,
faça alguma coisa para que eu não me afaste,
faça alguma coisa para que eu te veja
e te vendo me lembre do nosso Amor .''


No último Domingo,me lembrei dela quando o Pastor ministrou em oração:
_Lembre-se de quem Deus é''
E lembrei-me também do versículo que Deus havia me dado logo após eu escrevê-la:
'Irá a minha presença contigo para te fazer descansar.''-Êxodo 33:14
Agora,tudo é novo.Desde a Nikkey,em Maringá no Paraná que foi onde me converti aos 12 anos de idade,onde me batizei e onde congreguei nos primeiros quatro anos de conversão,nunca mais havia encontrado algo tão de acordo com minha visão de Igreja,isto nos faz ter vontade de que a semana passe rapidinho para voltar e mergulhar um pouco mais nos rios de Deus que correm naquele lugar.
Lembrei-me  e comparei tudo o que senti nos últimos tempos,com o conflito de Elias,quando disse para o Senhor;''só eu fiquei..''fazendo menção de um Israel entregue aos ídolos.
E ele disse: Eu tenho sido em extremo zeloso pelo Senhor Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei; e buscam a minha vida para ma tirarem. 1 Reis 19:14
Eu realmente havia,por algum tempo perdido a esperança ,achando que nada mais era como antes no evangelho de um modo geral e ,como também mencionou o salmista  eu disse,''que todo homem era mentira''(todo sistema eclesiástico dirigido por homens):
''Nisto acreditava,por isso falei,estive muito aflito,e cheguei a dizer na minha precipitação que todo homem é mentira.''-Salmo 116;10-11.
Mas como Deus disse a Elias ''reservei para mim..''
''Também reservei para mim  em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda a boca que não o beijou.1 Reis 19:18
Ao contrário do que Elias pensava(talvez até um pouco que pretenciosamente)ele não foi o único que permaneceu desejando guardar fielmente a aliança original com Deus,pois Ele sempre reserva lugares e pessoas que realmente podem ser chamados de Casa do Pai e que ainda são refúgio para nós.
Bem,agora que vejo que não sou a única(claro que não seria..porque o Espírito testifica) com a visão,e  tudo aquilo que o Senhor reservou para Ele no meio de um evangelho fake..espero que este seja o fim do drama,é recomeçar.
Embora sempre tenha falado tão francamente aqui no *Jesus e eu ,como se escreve em um diário,não acho sadio viver a falar dos meus conflitos;pode ser que edifique alguns que se reconheçam,mas serve de combustível para críticas e jugos de outros..vida real é assim mesmo,e mesmo correndo o risco,muitas vezes aqui preferi dizer a verdade nua e crua á pintar um evangelho mascarado,perfeito,com cara de conto de fadas porém irreal.
Espero que ainda me amem.Eu ainda amo meu Senhor,e Dele DEPENDO cada vez mais.
*Abraço e paz!
Esta postagem é patrocinada por:
www.chocolateemorango.loja2.com.br

8 comentários:

Anônimo disse...

Dna. Alessandra, este texto falou muito comigo porque estou passando por um momento desse em minha igreja. Não quero sair dela, mas quero também me sentir bem dentro da minha pele, sem esse conflito pelo qual estou passando. Mas eu sei que Deus vai me orientar e a orientação Dele nunca falha. Confio Nele. Que Deus a abençoe em seu novo caminhar.

Carlo Finister disse...

Olá,

gostaria de partilhar um artigo sobre a infancia de Jesus:

A Infância de Jesus

Obrigado

Náthali Nunes disse...

Oi Alessandra! Acompanho seu blog e alguns meses eu tenho me sentido incomodada com algumas doutrinas da minha igreja. Lá não podemos usar bijuterias nem maquiagem e nem esmalte escuro. O fato é que eu uso tudo isso fora da igreja. Procurei outras igrejas que não tenham doutrina tão rígida e pedi a Deus que me ajudasse a encontrar um lugar que eu me sentisse bem. Após essa oração eu tive um sonho e nele eu abria meu guarda roupas e só haviam saias nele. Pois congrego na Assembléia de Deus. Parei de procurar outras igrejas porque entendi que a vontade de Deus é que eu permaneça na minha.
Mas não voltei mais lá e nem sei o que fazer nesse caso.
Poderia me aconselhar?
Bjus!
nathalirnunes@gmail.com

Alessandra disse...

Bem ,respondendo ao primeiro comentário,e ao da Náthali Nunes,preciso primeiro dizer que toda Igreja tem problemas,e antes de nos mudar de uma,precisamos primeiro ter certeza de que não é mesmo possível continuar,por isso comparei a saída de uma igreja como um divórcio,pois,nem Deus é a favor do divórcio,só o permite em casos em que se torna insustentável a convivencia do casal,quando não há mais nenhum vestígio de amor ou desejo de estar junto;quando se tornam totalmente estranhos um ao outro.
No meu caso com minha Igreja foi um ano difícil porque eu e meu marido primeiro fomos retirados por ordem do bispo para dirigir uma obra em outra cidade,depois fomos retirados desta obra e mandado de volta para nossa Igreja,seria o mesmo que casar,separar e voltar para a casa dos pais;o nosso lugar já não é o mesmo,nem nós mesmos o somos.
Além disso,o novo sistema de campanhas envolvendo dinheiro implantado na nossa Igreja não é do meu agrado.Sempre dizimamos e ofertamos por obediencia,nunca por pressão ou manipulação..isto estava nos afastando assim como a manipulação política para que votássemos em candidatos pertencentes a denominação.Enfim..voltávamos mais tristes e irritados a cada culto e tínhamos cada vez menas vontade de ir.
No teu caso Náthali,penso que precisa pesar os prós e contras.Há pessoas que necessitam passar por uma mudança radical exterior:vestuário,cabelo etc)porque só assim se olharão no espelho e se sentirão de fato nova criatura,deixando mais facilmente morrer o velho homem,mas há outras para quem tudo isto é uma verdadeira prisão,e daí eu penso particularmente que não vale a pena,já que há outros quesitos na vida com Deus que lhe tem maior valor.
Mas só oração e busca pessoal podem revelar o plano específico de Deus para cada um de nós..podemos estar perdidos dentro de uma Igreja,ou podemos nos perder por achar que dá pra ser cristão sem uma.Abraço!

Taize disse...

Primeiramente queria te parabenizar pela coragem ( sim pra mim tenho como coragem sair de uma igreja e segura dos seus conceitos,pois não é fácil inclusive para aqueles que não sabem do que se trata e imaginam mil coisas a respeito)Que o senhor te de forças, eu tbm estou passando por um momento delicado não só eu mas outras pessoas da minha congregação e estou colocando em orações nas mãos do Senhor . Pois tudo que fazermos temos que ser direcionados por Ele néh?! que Deus guie vc e sua família .

Anônimo disse...

Olá,Alessandra!! continue dando seus testemunhos maravilhosos aqui no blog,seja ele pessoal ou nao,de toda forma saiba que o que vc escreve pode mudar a vida de qualquer pessoa que esteja passando pelo mesmo!! leio praticamente todos os dias e me indentifico muito e sei que Deus que me mostrou esse blog, para que eu possar aprender muito pois vc é uma pessoa muito sabia!! Bju grande,chuvas de bençaos sobre vc e sua familia!!

Noemi disse...

hola, paso visitando su blog nuevamente, muchísimas bendiciones.
mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

Anônimo disse...

Oi, meu nome é Marcos Lopes e já venho acompanhando o seu blog por algum tempo, por coincidência passei por situações parecidas em minha vida na Fé e houve o momento em que fui levado a procurar uma nova igreja. Foi muito dolorido deixar aqueles a quem aprendi a amar, mais o Senhor me levou a um novo pasto farto e verdejante,e onde hoje sou útil novamente, foi então que refletindo sobre Salmo 20, entendi que o Senhor requer sempre algo de nós, confiar nEle e quando assim não for Ele mesmo se encarregará de nos fazer peregrinar novamente.
Que Deus te abençoe imensamente e continue te inspirando a escrever e edificar vidas.
Marcos Lopes.

Edificando em todo lugar..

type