quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Meu Deus e meu conjugue


Ontem eu antecipei que possivelmente falaria sobre o relacionamento entre marido e mulher,quando um aceita Jesus e outro não.
Ainda quero citar uma cena do filme ''O Peregrino'' que só veio confirmar o que sempre pensei .A esposa do personagem Cristão,logo no início,quando ao ler a Bíblia ele começa a sentir a necessidade de se salvar e a sua casa,reage duramente.Acostumada com uma vida comum,onde a família era o projeto mais importante,que envolvia,educar os filhos,prosperar,trazer conforto para casa e envelhecer juntos;ela rejeita a idéia de necessidade de salvar-sedo juízo.Ela disse para Cristão:''As histórias desse Livro(a Bíblia)não são reais,é loucura pensar que nossa cidade será consumida pelo fogo.EU SOU REAL,SEUS FILHOS SÃO REAIS!
Eu sempre conversei lá em casa sobre isso:o conjugue é a pessoa mais real da nossa vida.Acordamos,e é a primeira pessoa que vemos ;sentimos o cheiro,ouvimos a vóz, compartilhamos problemas e prazeres íntimos.É muito difícil contrariar um conjugue em algumas decisão,porque seria como contrariar metade de nós mesmos.Já Deus nós não vemos,e de início,nem sempre o sentimos.Como virar as costas para a pessoa que supostamente mais nos ama e a qual amamos para seguir uma pessoa Invísivel,e cuja vóz nem sempre é audível?Isso só acontece mesmo quando Deus quer nos agraciar e pelo Espírito Santo nos impele á conversão.Eis a parte mais difícil no início da caminhada:contrariar a família e a idéia de que o evangelho é uma fralde;nem todos suportam,apenas os que realmente entregam-se inteiros ao Senhor.
Na peregrinação,o primeiro grande sacrifício,implica em deixar de dar ouvidos pra quem quer que seja,pra ouvir ao Senhor.A Bíblia deixa clara que a salvação é individual,que no arrebatamento dois estarão juntos ,um será deixado e o outro será levado(Mateus 24:40-41).A mulher de teve a mesma oportunidade que ele de ser salva,mas olhou para trás no sentido de ter dó de abandonar a velha vida e transformou-se num estátua de sal(Genesis 19:25-26).
O mesmo acontece quando um filho solteiro se converte,torna-se para a família uma espécie de ''bobo'',desce no conceito de todos e é obrigado a suportar sozinho o novo modo de viver.é uma solidão.
A verdade,é que a moralidade e a civilidade atrapalham muitas pessoas a achegar-se a Deus,aceitar Jesus e assim ser salva da ira e do juízo que virá e cada vez mais se aproxima.
Pessoas bem sucedidas,e bem estruturadas familiarmente ,com conduta moral respeitável;acham que suas obras são o suficiente para herdar o reino dos céus.Quão difícil é evangelizar pessoas assim!Elas aparentemente não necessitam de nada,pois se sentem ''boas'' o bastante.Marcos 10:23 Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!
Mas há esperança,o projeto de Deus é levantar um em cada família.Ele precisa de um corajoso para aceitar o chamado e não ceder ás pressões que virão,logo adiante,o brilho que emana deste salvo,seu testemunho,suas orações e a promessa como respaldo,fará com que a família também se achegue a Deus.
Lembremos de Noé,a salvação foi para ele,esposa ,e filhos.O BOM AMOR DE DEUS DESEJA ALCANÇAR TODA A NOSSA CASA.Gen 7:1 - DEPOIS disse o Senhor a Noé: Entra tu e toda a tua casa na arca, porque tenho visto que és justo diante de mim nesta geração.

Ato 16:31 - E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.

Você esta passando por isso?Fique firme e suporte corajosamente,ame o Senhor acima de qualquer outra pessoa,e interceda pelos seus.Pense que se você for para o inferno junto com sua família,não poderá fazer nada por eles ou por você,mas se entregar-se ao Senhor,escolhendo Ele acima de tudo,certamente poderá mostrar o caminho da salvação aos demais,e ter a alegria de encontrar as pessoas que mais ama na glória.
Abraço e paz.,
Marcos 10:
29 E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho,
30 Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.

3 comentários:

Roberto Falbo disse...

Graça e paz Alê seja contigo e familia...!!!
Minha irmã.... benção de post... sempre acunhada na "Santa" infalivel palavra de Deus, nos trazendo as primicias da revelação divina entre linhas....
Parabéns por este e pot tantos outros....
Realmente o julgo desigual é uma relutância entre casais, como tu disse na verdade, Salvação é individual, é por isso almejamos por permancer na graça para que através dela outros pelo nosso viver tenha a compreenssão da profundidade do amor de Deus na vida do ser humano....
Minha irmã amada em Cristo ... como sempre... deixo meus agradecimentos e o mesmo crarinho de sempre..... para ti e familia....

Thaty nogueira disse...

É complicado mesmo... por isso é importante seguir a Bíblia, quando nos alerta de que não há comunhão entre luz e trevas!

Jaki Candido disse...

pode postar sim !
beijo sua linda <3

fica com Deus.

Edificando em todo lugar..

type