quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

QUEM ERA MOLOQUE?

Levítico 18:21. "Não oferecerás a Moloque nenhum dos teus filhos, fazendo-o passar pelo fogo; nem profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o “Senhor”.

Levítico 20:1-5. “Disse mais o Senhor a Moisés: Também dirás aos filhos de Israel: Qualquer dos filhos de Israel, ou dos estrangeiros peregrinos em Israel, que der de seus filhos a Moloque, certamente será morto; o povo da terra o apedrejará. Eu porei o meu rosto contra esse homem, e o extirparei do meio do seu povo; porquanto deu de seus filhos a Moloque, assim contaminando o meu santuário e profanando o meu santo nome. E, se o povo da terra de alguma maneira esconder os olhos para não ver esse homem, quando der de seus filhos a Moloque, e não matar, eu porei o meu rosto contra esse homem, e contra a sua família, e o extirparei do meio do seu povo, bem como a todos os que forem após ele, prostituindo-se após Moloque",



Quem era Moloque? Um antigo deus adorado pelos povos presentes na península arábica e na região do Oriente Médio. Moloque era o deus Amonita do fogo.
Segundo as escrituras os povos amorreus por volta de 1900 a.C. adoravam a Moloque. Muito popular e muito colorido.
Seguidores de Moloque muitas vezes pintavam o seu corpo com chamas (Note que capítulo 19:28, Deus instrui aos Israelitas não fazerem marcas no corpo).
Muitos homens costumavam fazer suas barbas desenhadas, de maneira que estas representassem chamas de fogo, (Capítulo 19:27 instrui os homens a não cortarem os cabelos ou suas barbas de maneira arredondadas).

Aparência de Moloque: Era de corpo humano com a cabeça de boi ou leão, no seu ventre havia uma cavidade em que o fogo era aceso para consumir sacrifícios.
Exigências: Moloque era um deus muito exigente, e uma de suas exigências era o sacrifício de crianças.
"Há quem diga que nos rituais de adoração havia atos sexuais e sacrifícios de crianças. Estas eram jogadas em uma cavidade da estátua de Moloque, onde havia fogo consumindo assim a criança viva". A fim de saciar e acalmar Moloque, uma criança tinha que, de tempos em tempos, ser queimada até a morte. Era comum que deuses pagãos exigissem sacrifício humano.
Mas a religião hebraica era muito diferente.
Muitos povos adoravam a Moloque porém com o fortalecimento do povo Hebreu e de outros reinos, estes povos foram desaparecendo, deixando o costume de adoração a Moloque. Deus chamou as pessoas para separá-las, para fazê-las diferentes de seus vizinhos.

Deus seria sacrificado pelo homem. Leiam está lá em Isaias 53.
fonte:http://castrodiantedotrono.blogspot.com

4 comentários:

KASSIO KIBOR disse...

MUITAS VEZES CAIMOS NO ERRO
DE FALAR SEM SABER O KI ESTAMOS FALANDO.
OS PAIS SÃO AUTORIDADE NA VIDA DOS FILHOS,
E QUANTOS PAIS AMALDIÇOAM SEUS FILHOS.
COMO A BÍBLIA DIZ :
A BÍBLIA É FOGO E ENCENDEIA O CORPO INTEIRO.
UM ABRAÇO ALÊ

CONHEÇAM O NOVO KIBOR BLOG

Pr. Fabio L. Volpini disse...

A paz do Senhor, esta postagem é bem séria, a palavra moleque é derivado de moloque, por isso devemos tomar muito cuidado com que falamos pois ao ficar pronunciando a palavra moleque, estamos sem saber invocando o espírito de moloque e com isso trazendo consequencias espirituais nada boa.

Parabéns pela postagem, Deus abençõe.

Anônimo disse...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Moleque

Lays Fernanda disse...

Ótima postagem! Amei!

Edificando em todo lugar..

type