quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Cuide bem do seu amor,seja quem ele for




 Tenho vivido um momento muito agradável de meu casamento.Meu marido,depois que recuperou-se do braço,conseguiu um novo emprego.Emprego simples,numa vidraçaria aqui de nossa cidade que trabalha também  nas cidades circunvizinhas.
  É a primeira vez que ele se desloca pra lá e pra cá o tempo todo,com o carro da empresa,muitas vezes em cidades até longícuas e isto despertou em mim mais interesse em telefonar 2 ou  3 vezes no dia pra saber onde ele está,se esta tudo bem....
A menos que eu seja uma excessão,toda mulher gosta de ter uma espécie de ''radar'' para saber por onde anda seu marido,não?(insegurança feminina)
 Daqui 3 meses completamos 10 anos de união,houveram tantas mudanças neste período..a maioria para melhor,porque as engrenagens do casal se ajustam com o tempo ,fazendo tudo funcionar melhor,seja no relacionamento familiar,seja na intimidade.
 Outro dia,voltando de viagem ,eu refletia no ônibus,que Deus ,conhecendo bem minhas carências afetivas  ,  estabeleceu um meio de me fazer sentir amada continuamente.Fez isto através dos 3 homens da minha vida:
Meu pai,que enquanto vivo sempre me tratou como uma princesa,
meu marido,que continuou o mesmo tratamento de meu pai como se fosse combinado,ou como se houvera convivido com ele por tão parecidos(não conviveu),e
meu filho Gabriel,que me cobre de carinho e elogios todos os dias.
Como então,apesar de meus dilemas íntimos não me sentir totalmente amada?
 Porém,se carinho nunca é demais..autoconfiança demais pode prejudicar relacionamentos.Excesso de confiança,abusos  verbais ou psicológicos que cometemos,na certeza de que aquele amor é seguro e nada pode alterá-lo,podem,sem que nos demos conta ,abrir brechas que o inimigo de nossas almas certamente saberá como usar.
 Já citei meu pai  aqui algumas vezes,e neste mês tenho pensado nele muito mais intensamente,pois no dia 27 de Outubro seria seu aniversário.Tenho conciência que fui sua filha mais mimada,mais elogiada,e que recebeu mais de sua dedicação e esforços,embora além de mim ele tivesse mais 3 filhos;mas me dói muito lembrar algumas atitudes minhas em relação a ele,se eu soubesse que não o teria para sempre seria tudo diferente.Eu o amo de todo coração,mas nunca mais poderei dizer isto pessoalmente,e nunca mais saberei se disse ou demonstrei isto o bastante.Pensando nestas coisas cheguei a sonhar com ele esta semana,eu me ajoelhava e pedia perdão.
 Restaram-me meu marido e filho pra amar intensamente enquanto é tempo,e acima deles,restou um Deus de Amor,um Pai Celestial para amar muito mais intensamente ainda.
 No início do post disse que tenho vivido um momento especial em meu casamento porque tenho procurado agradar mais..nunca se sabe as armadilhas que meu marido pode encontrar pelo caminho,quero a cada dia deixar nosso amor e união bem regados,afim de que não hajam brechas.Lembrei-me que Deus,é um grande causador de ciúmes também,depois de tanto insistir pelo amor de Israel,nação e povo escolhido de seu coração,lhe disse claramente,que o jeito seria lhe causar ciúmes através da extensão de sua graça e cuidado a outras nações.(nós brasileiros devemos agradecer por isto)
Mas digo: Porventura Israel não o soube? Primeiramente diz Moisés: Eu vos porei em ciúmes com aqueles que não são povo, Com gente insensata vos provocarei à ira.
E Isaías ousadamente diz: Fui achado pelos que não me buscavam, Fui manifestado aos que por mim não perguntavam.
Mas para Israel diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente. 

Romanos 10:19-21

Paulo  continua o texto de Romanos dizendo  que  nós (outras nações)fomos enxertados na videira verdadeira.
Porque, se a sua rejeição(de Israel) é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?
E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos o são.
E se alguns dos ramos foram quebrados(Israel), e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles(outras nações), e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, n
ão te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. 
Romanos 11:15-17-18



  Como você tem cuidado de seus relacionamentos principais?A começar por Deus..como tem sido o diálogo?Você tem adorado e amado,ou enchido apenasmente o altar de petições e cobranças?
E com seu conjugue,filhos,pais...como tem devolvido todo o bem que estas pessoas tem lhe feito?Alguém disse que tratamos mal justamente aqueles que sabemos nos amar mais,descontamos nestes nossas frustrações,eu concordo,MAS NÃO APROVO.Na minha vida quero que tudo seja diferente,a dor que sinto por atitudes erradas que tive em relação a meu pai,é o bastante,não quero repetir os mesmos erros com meu marido,filho,e outros .Não quero especialmente que Deus precise ''me causar ciúmes'' para então me dispor a agradá-lo.

*Abraço e paz!
Oração de hoje:
*A poesia Recomeçamos no blog *Alessandra Barcelos e :
Senhor,muitas vezes cobramos por não nos sentirmos amados o bastante,mas quando colocas pessoas em nossas vidas para nos amar incondicionalmente apesar de nossas falhas,as destratamos,ignoramos e deixamos dúvidas se este amor é recípocro.Não nos deixe perder a oportunidade de fazer tudo diferente,de marcar a vida destas pessoas positivamente enquanto é tempo.Que não haja em nós orgulho,medo ou distração em relação ao amor,e que Te amemos acima de todos os amores,e saibamos demonstrar este amor continuamente,te pedimos e agradecemos,em nome de Jesus,amém.


***E pra quem lembrou da Canção de Paralamas do Sucesso por causa do título(que é uma canção secular,mas de letra digna de análise),também faz muito sentido a citação de acordo com o texto.Para ler letra e assistir ao vídeo clique aqui
Pastor Youcef,seu destino terá desfecho em 3 semanas,você pode ajudar,clique aqui e saiba como

3 comentários:

Cindi disse...

Oi Ale, tudo bem? Olha não pense assim em relação ao seu pai, pois todos nós filhos erramos. Muitas vezes eu também penso assim, pois apesar de minha mãezinha estar viva mora a 16 horas longe de mim(e só a vejo 1 vez por ano) e quando ela estava perto eu não dei o devido valor. Mas não adianta ficar remoendo, o melhor a fazer é o que vc disse, dar valor aqueles que a gente tem por perto pra que não ocorra o mesmo. Eu tenho aprendido a cada dia mais também a amar, cuidar e respeitar o marido amado que Deus me deu. Pois o inimigo realmente é astuto e se não cuidarmos, damos brechas.
Bjs.

EMMANUEL disse...

Bom dia muito abençoado o seu blog sou seguidor do seu se puder seguir o meu e trocarmos postagens ficarei agradecido, o blog é meu e da minha esposa... www.teismoracional.blogspot.com obrigado e a paz

Onivid Silva disse...

Adorei o post, porém, não sou de ligar a todo momento e gosto de dar e receber liberdade (com responsabilidade, claro), acredito que o amor acaba se não for cultivado todos os dias com palavras e ações. beijos.

Edificando em todo lugar..

type