terça-feira, 6 de abril de 2010

Lutas na carne


1 Coríntios 7;28 Mas, se te casares, não pecas; e, se a virgem se casar, não peca. Todavia os tais terão tribulações na carne, e eu quereria poupar-vos.
Quando eu era criança,pensava que o casamento era onde o amor começava a acabar.Eu via que namorados,se beijavam,se abraçavam,passeavam juntos de mãos dadas,e notava que os casados,apenas discutiam.
Como exemplo,eu tinha meus pais separados.Ele era mulherengo,e eu observei que além da minha mãe,ia enganando uma a uma das mulheres com as quais se envolvia.Aí eu coloquei na minha cabeça aquela frase que ainda hoje ouço muitos dizer''Eu não quero me casar nunca!''Sim,eu realmente pensava que o casamento era o fim do amor.
Quando me converti,conheci um casal,que tornou-se então,meu segundo modelo:Suely e Reginaldo.Ele meu líder de louvor,ela minha chefe na primeira empresa onde trabalhei.Ela foi a primeira namorada dele,ele era o tipo de cara que qualquer mulher gostaria de ter:bonito,inteligente,espiritual,gerente de banco.. ela era totalmente apaixonada por ele,mesmo já casada,e com uma filha pequena,logo engravidou do segundo filho.Eu decidi que queria pra mim um amor como o deles.
Eu me casei pensando que seria a esposa mais perfeita que existiria na face da terra.A mais calma,a mais doce,aquela que cuida da casa como ninguém,e que minha vida seria u eterno mar de rosas.Eu me assustei comigo quando me vi irritada por pequenas tolices,assustei com as contas,assustei com os serviços domésticos caindo como uma avalanche sobre mim quando tudo o que eu queria era descansar para trabalhar no dia seguinte.Eu continuei me assustando quando engordei 25 kilos durantre a gravidez e só emagreci 15 após ter o bebe,isso sem contar as outras modificações.Assustei com aquela criança chorando,sem que eu soubesse o que ela queria,e a criança não sabia que eu queria tempo para mim.Eu tive problemas em me adaptar com uma sogra palpitando em minha vida todo tempo,tive problemas pra entender que casando-me com o filho dela,eu havia me casado com toda a família...ah quantos problemas eu tive.
Na verdade há mais uma coisa que me assustava:o amor incondicional do meu marido diante de várias fases minhas.O amor nos olhos dele me constrangia,e afastou todas as rebeldias que eu trazia (síndromes de uma féra ferida,leia aqui)
Quer saber o que restou?Ainda soltamos gargalhadas juntos,ainda namoramos e sentimos desejo um pelo outro,ainda sentimos ciúmes,ele ainda gosta do meu corpo 10 kilos mais rechonchudo e eu me acostumei com a nova barriga dele e os pés de galinha no olhar.
O que me assusta hoje?Viver sem o parceiro que Deus me deu,sem o filho com o qual nos presenteou.O que me assusta hoje ,é ver jovens dizendo ''não vou me casar nunca'',e agradeço a Deus por aqueles que mudam de opinião ao me ver com meu marido,como Suely e Reginaldo mudaram a minha opinião,e desistem de abortar seu futuro,e a família que Deus sonhou para eles..
Paulo bem que falou:os casados terão lutas na carne''.Ele tinha razão,elas são variadas,uma pior que a outra,mas nem de longe,eu gostaria de voltar a ser sozinha,ainda que com o perfeito corpo que eu tinha,sem responsabilidades,sem tarefas domésticas,sem filhos...o meu dia de hoje,é exatamente o sonho que sonhei ontem,mesmo com as lutas na carne.
Se este ''ainda'' caminha para o fim?Não...Jesus já mostrou,que se porventura,o ''vinho'',(a alegria,cheiro,cor,sabor)do casamento acabar no meio,ele pega a água(sem cor,sem cheiro,sem gosto)e faz um vinho ainda melhor que o primeiro(João 2).
Sim,houveram, dias em que os defeitos dele saltaram aos meus olhos e minimizaram as qualidades,e vice versa... mas basta imaginar uma separação,basta cogitar a idéia de um divórcio,pra ver que o amor não diminuiu,permaneceu intacto,e cada vez mais forte esta,porque o cordão de 3 dobras não se pode romper,e porque o que Deus uniu,o homem não pode separar..a casa não cai quando edificada sobre A Rocha.
Mateus 7:25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
****veja mais clicando aqui

8 comentários:

simplesmentemonalisa disse...

Ai que lindo!
Acredita que eu tb dizia que nunca iria me casar? E hoje não me vejo sem o meu Cris ao meu lado.
Beijos

Fabio Faith disse...

Lutas e muitas lutas!

Junior rocha disse...

Oi tudo bem? espeo que sim.
olha gostei muito do seu blog, estou começando a usar tbm e sou novo nessa aria.
acessa o meu ai e se você puder me da umas dicas eu te agradeço.
http://discipulos-dejesus.blogspot.com/

obrigado

CANTOR MOISÉS VIEIRA disse...

Um lindo post minha irmã. Eu infelizmente tive o amargo sabor da separação na minha vida, não tive outra opção, mas, Deus eh fiel, e tem me sustentado, tem me guardado. Ele há de restituir meus sonhos. Continue sendo canal de benção. Que Deus continue abençoando sua família.

CANTOR MOISÉS VIEIRA disse...

O que Deus uniu não separe o homem. Lindo post. Que Deus continue abençoando sua linda família que é um projeto divino. Infelizmente tive o desprazer de uma separação, mas, Deus tem me sustentado e me guardado. Estou esperando nas suas promessas na minha vida e sei que há de cumpri-las por sua fidelidade. Abraços!

Wilson Parpinelli disse...

Olá Alessandra,
Parabéns pelo Blog. É um belo trabalho que está realizando aqui. Já estou seguindo!

Quero aproveitar pra lhe convidar a visitar e também seguir meu blog. Será uma honra tê-la como leitora. Seus comentários também serão sempre muito bem-vindos.

Visite: www.teologiainteligente.blogspot.com

Juntos seremos mais eficazes na proclamação do Evangelho de Cristo !!!
Te espero lá...
Graça e Paz !!!

Ana disse...

É tão bom ouvir isso, ainda outro dia um colega de trabalho comentou que para separar um casal basta eles se casarem, eu disse que discordo, porque ainda acredito no amor. E seu relato é o testemunho vivo disso.

Que Deus abençoe.

UMA VIDA NADA ABORRESCENTE disse...

hehehe...quase me vi nessa história...se não fosse o final....(ainda não sou casada).
Me tranquei por muito tempo cheia de traumas e medos.
Pensei por muito tempo estar embaixo de uma maldição familiar onde casamentos não prevalecem.
Demorou...mas o Senhor abriu a minha visão, curou meus traumas e tirou o medo.
Acredito sim...O Senhor me fará (solitária) viver em família...

Abraços!!
Simone Ferreira

Edificando em todo lugar..

type